domingo, 1 de fevereiro de 2009

Sentimentos que ainda tenho

Sou possuidor de um coração pequeno
E por ser tão pequeno não cabe nele tudo que sinto,
Por isso me reprimo e sobrecarrego meu corpo
De sentimento.Por causa disso me deprimo e me refugio nos cantos escurodos quartos e dos porões.
Me excluo de tudo e principalmente de todos.
Tenho um pequeno coração e um corpo sobrecarregado
E nele não há de caber mais nada.
As pessoas normais não sabem mais o que é sentimento
E por isso carregam seus corações de dinheiro e estresse.
Prefiro ficar sozinho, escondido nos porões da minha mente,
Me deprimido e sobrecarregado meu corpo
Com todos os sentimentos que ainda tenho.

Um comentário:

Denny Joplin disse...

Profundo ,Diogo.
Realmente os nossos porões que habitam a nossa consciência...não nos decepcionam nunca.........
São os nossos sentimentos reservados e inabitados....apenas os encontramos quando eles se mudam pra um poema...